Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência Social no Estado do Piauí - SINTSPREVS/PI
Boa Tarde! Teresina, 24 de abril de 2019
14/02/2019 - 10:36

CPI da Toga que investigaria Judiciário é arquivada
Os senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Kátia Abreu (PDT-TO) retiraram suas assinaturas do pedido de criação de uma comissão parlamentar de inquérito que se prestaria a investigar denúncias  envolvendo membros de tribunais superiores.  O requerimento de instalação do colegiado, de autoria do senador Alessandro Vieira (PPS-SE), havia obtido o número mínimo de adesões (27 senadores) na última quinta-feira (7). Segundo a Secretaria-Geral da Mesa, Eduardo Gomes (MDB-TO) também solicitou a retirada de sua assinatura, mas o fez por meio de aplicativo de mensagens via celular, com uma foto em que comunicava a desistência.  Com a retirada de assinaturas, o documento passou a ter 25 adesões e, consequentemente, encaminhado ao arquivo. O comunicado de arquivamento foi feito há pouco em plenário pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que em seguida anunciou o encerramento da sessão plenária não deliberativa dessa segunda-feira, 11/02.Para que um novo pedido seja protocolado, o senador interessado tem que reiniciar a coleta de assinaturas. Chamada nos bastidores de "CPI Lava Toga", a comissão seria criada para investigar o funcionamento de tribunais superiores com foco no Supremo Tribunal Federal (STF). Os trabalhos investigativos incluiriam convocação de ministros das Cortes superiores para esclarecimentos ao colegiado. Veja quem, além de Kátia e Tasso, havia assinado o pedido de CPI: 1- Alessandro Vieira (PPS-SE) 2- Marcos do Val (PPS-ES) 3- Eliziane Gama (PPS-MA) 4- Reguffe (sem partido-DF) 5- Styvenson Valentim (Podemos-RN) 6- Eduardo Girão (Podemos-CE) 7- Álvaro Dias (Podemos-PR) 8- Selma Arruda (PSL-MT) 9- Fabiano Contarato (Rede-ES) 10-Tasso Jereissati (PSDB-CE) 11-Cid Gomes (PDT-CE) 12-Jorge Kajuru (PSB-GO) 13-Kátia Abreu (PDT-TO) 14-Soraya Thronicke (PSL-MS) 15-Randolfe Rodrigues (Rede-AP) 16-Leila Barros (PSB-DF) 17-Sergio Petecão (PSD-AC) 18-Lasier Martins (Podemos-RS) 19-Major Olimpo (PSL-SP) 20-Eduardo Braga (MDB-AM) 21-Luiz Carlos do Carmo (MDB-GO) 22-Rodrigo Cunha (PSDB-AL) 23-Plínio Valério (PSDB-AM) 24-Jayme Campos (DEM-MT) 25-Luis Carlos Heinze (PP-RS) 26-Telmário Mota (Pros-RR) 27- Izalci Lucas (PSDB-DF)



últimas notícias:

16/04 | Bolsonaro acaba Política de Valorização do Salário Mínimo
11/04 | Sintsprevs participa de atividades do Dia Mundial da Saúde
05/04 | No Piauí, 40 médicos desistem do Programa Mais Médicos
05/04 | Previdência: 05 pontos da reforma que atingem os pobres
29/03 | Sinsprevs-PI ganha liminar contra MP 873 que inviabiliza entidades
29/03 | Reforma da previdência reduz valor da aposentadoria por idade
24/03 | Centrais e Sindicatos protestam contra reforma da previdência em Teresina
21/03 | Sintsprevs-PI mobiliza para Dia de Luta - 22/03 - contra reforma
15/03 | Seminário vai debater dívida pública e reforma previdência
15/03 |
14/03 | Servidores pressionam Congresso contra reforma da previdência
08/03 | Sintsprevs-PI condena MP 873 que inviabiliza contribuições
08/03 | SOU MULHER, SOU GUERREIRA!
06/03 | Bolsonaro dificulta contribuições sindicais em folha de pagamento
01/03 | Capitalização: o ‘Cavalo de Troia’ da reforma da previdência, que significa em pegar o dinheiro dos aposentados e coloca-lo para ser administrado pelos banqueiros.
01/03 | Reforma: veja proposta na regra de transição para servidor
27/02 | PEC tira da Constituição reajuste de benefícios pela inflação
22/02 | Dirigentes sindicais defendem fórmula 86/96 para aposentadorias
21/02 | Aposentadorias e pensões: Bolsonaro propõe ferrar trabalhadores.
20/02 | CUT e Sindicatos vão as ruas repudiarem reforma da previdência. Governo propõe aumentar idade, tempo de contribuição e capitalizar a previdência.
CONTATOS
  • SINTSPREVS-PI
    Rua Desembargador Freitas, 879, Centro
    Cep: 64.000-240
    Tel: (86) 3223-3988
    sintsprevs@bol.com.br